Mesa redonda de desenvolvedores: dicas e objetivos



De todos os momentos em que o Teia de jogos tomou à frente e criou algo, uma das melhores respostas da comunidade que tivemos foi quando anunciamos nossa intenção de uma primeira mesa redonda de desenvolvedores durante o Lab Jogos.
DESENVOLVEDORES 


 Dentro disso, existem algumas questões indispensáveis que queremos deixar claro para todos os envolvidos e a comunidades de desenvolvedores, que acolheram a ideia de forma muito calorosa.

Este post é para deixar claro quais os objetivos da nossa mesa redonda de desenvolvedores, quais os temas que serão abordados, dicas de relacionamento com outros desenvolvedores e com os jogadores e algumas surpresas que você vai saber se continuar com a gente neste texto.

Quais os temas e objetivos abordados?


O tema escolhido para iniciar os trabalhos é “A criação do jogo: transformando uma ideia em um produto”. Os desenvolvedores vão trocar impressões, conceitos e ideias a respeito de seus métodos de criação, o que eles fazem e como fazem para perceber todos os erros inerentes no desenvolvimento do jogo.
Obviamente, esta é a nossa primeira mesa redonda sobre desenvolvimento, e eu estou, admito, um pouco nervoso com o papel de intermediador deste evento. Como também pode ser a primeira de alguns de vocês também, eu separei alguns comportamentos e esclarecimentos que podem ser muito esclarecedores a respeito do que acontecerá, até para que você não vá para a nossa mesa redonda com um pensamento equivocado:

1-    A mesa redonda não tem como objetivo principal mostrar ou demonstrar jogos: Ao contrário de outros eventos, onde as pessoas falam de seus projetos e demonstram, aqui o interessante não é o resultado e sim o que você absorveu dele. Você vai ouvir e vai falar sobre a criação como atividade, então não fique decepcionado se, por acaso, você não puder falar a respeito do seu jogo em si, já que é o mais provável. Teremos um convidado com jogos já publicados no mercado, que dividirá conosco sobre o processo de transformação do jogo acabado em um produto.

2-      Seja sempre agradável com as pessoas durante a mesa redonda: isto é profundamente óbvio, mas é sempre bom reforçar, para evitar constrangimentos e dificuldades durante o evento: seja o mais educado e agradável possível com as pessoas. Como estarei no papel de intermediador, será meu papel permitir a todos fala igualitária e uma troca de informações que seja realmente interessante para todos os envolvidos. É importante também, para efeitos de aproveitamento máximo do evento, que todos tentemos ser o mais sucintos possível (isso é um problema para mim também, vou tentar ser o mais sintético possível).

3-      Convide outros desenvolvedores e outras pessoas do evento para seu playtest, mas retribua o favor: conhecer um jogo novo, ainda mais um jogo em desenvolvimento, com possíveis falhas e pequenos problemas, pode não ser o objetivo de outras pessoas no evento. Recomendamos que vocês tragam seus jogos sim, eu vou adorar dar uma olhada e playtestar e convido à todos a conhecer os meus!  Vamos lembrar, porém, que as pessoas irão ao Lab jogos para jogar os jogos que gostam, e nem todos querem investir tempo no seu jogo. Compreenda isso e evite ser desagradável, isto pode ser uma propaganda negativa para seu jogo. Se outro desenvolvedor aceitar sentar e conhecer seu jogo, faça o mesmo por ele. Conheça o jogo dele, fale sobre os assuntos que serão desenvolvidos durante a mesa redonda e troque experiências.

4-      Divirta-se: O desafio de criar algo que as pessoas vão se divertir tem de ser igualmente divertido, desafiador e apaixonante, ou seus jogos podem não se tornar tão interessantes assim. Encare os conselhos dados aqui como parte da minha experiência como desenvolvedor, já que eu cometi (e às vezes ainda cometo sem perceber) estas falhas que comentei aqui.

Bem... se você ainda não desistiu desse “textão” e do nosso evento depois de exposto à essas falhas que todos podemos cometer, devido ao excesso de paixão e a outros sentimentos envolvidos no trabalho de desenvolvimento, você com certeza merece saber quem é nosso convidado: 

Gustavo Barreto, criador de jogos como Don Capollo e Tinco abrilhantará nossa mesa redonda de desenvolvedores com sua experiência e método de desenvolvimento, que eu considero um dos mais interessantes entre os quais já entrei em contato. Não perca, no Lab Jogos à partir das 16 horas no Macdonalds, na Rua Teodoro Sampaio, 430

De todos os momentos em que o Teia de jogos tomou à frente e criou algo, uma das melhores respostas da comunidade que tivemos foi quand...

0 comentários: