Cartas a Vapor e Karts: porque falar dos parceiros é bom demais!

Mais um dia, abrindo caminho pelo mundo do game design! 

Uma das coisas mais importantes sobre o nosso Studio é que não queremos crescer sozinhos. Por isso mesmo hoje é dia de falar não de um, mas de dois excelentes projetos de amigos que eu tive o enorme prazer de conhecer no Lab. Jogos!

Cartas a Vapor: um processo dos mais interessantes de criação de jogos!

Aproveite para conhecê-lo!

O pessoal da Potato Cat eu acabei conhecendo por meio de uma das mesas redondas de desenvolvedores que a gente desenvolveu no Lab. Jogos. Acontece que exatamente por isso eu acabei tendo acesso à história da criação do jogo, que eu vou deixar que eles contem, quando eles acharem apropriado (dica: tem um trecho bom dela em uma das nossas gravações de mesa redonda).

Por isso eu digo, sem medo de errar, que o Cartas a Vapor é um excelente jogo. Baseado em dinâmicas simples e mecânicas que, pessoalmente, não são as minhas favoritas, ele consegue ser um jogo elegante, divertido e, mais do que qualquer coisa, muito acessível, podendo ser um gateway para muitas pessoas que não conhecem o nosso mundo de jogos ainda.

Baseado nas histórias de Enéias Tavares, o jogo divide os jogadores em times, com objetivos diferentes, tudo relacionado com as histórias, mas mesmo você que não conhece os livros (eu ainda não tive esse prazer e amei a partida!). Um dos detalhes que eu achei mais fascinante é que ele lembra, em alguns aspectos, jogos de baralho tradicionais, graças à aplicação diversificada de set collection que ele usa.

Em suma, um jogo para quem ama Steampunk, para quem gosta de jogos com um lore muito forte, mas que são mecanicamente simples, sem serem simplistas, como um relógio bem pensado, que é feto de peças teoricamente simples, mas que são capazes de fazer algo fantástico em conjunto.

Karts: taca-lhe pau nesse financiamento!


O Hendric foi um dos primeiros a jogar o Machina e, sinceramente, eu tentei me associar a ele antes de criar o Teia de Jogos (infelizmente não rolou). Além disso, esse rapaz ainda é o ilustrador do Os Campos do Caos e agora está chegando com tudo com seu projeto solo: Karts!

Sim, o Karts que está no Print and Play do Blog. Ele mesmo. Perceberam que ele permaneceu lá? O Hendric concorda que não é o PNP que vai atrapalhar um projeto de ser financiado e, por isso, manteve os arquivos aqui no nosso blog e na fanpage dele.

O jogo em si é muito interessante, já que você tem de saber usar seu combustível e seus cristais de forma a conseguir o primeiro lugar, usando todos os truques sujos que você tiver à disposição! Com diversos pilotos disponíveis, cada um com sua habilidade específica, você pode se tornar o especialista em um único ou ir experimentando.

Você pensa que acabou? É nada! Você ainda tem de lidar com os eventos, que são distribuídos a cada cristais gastos (que variam de acordo com a quantidade de corredores) e mudam todo o jogo, mesmo que por pouco tempo.

Se você quer um jogo tático, com um toque divertido de take that e uma série de variantes que precisam ser analisadas antes de decidir sua ação, você tem um excelente jogo aqui!

Podem esperar, pois semana que vem vamos ter muito mais novidades para vocês!

Mais um dia, abrindo caminho pelo mundo do game design!  Uma das coisas mais importantes sobre o nosso Studio é que não queremos cresc...

0 comentários: