Workshop de Criação de Jogos


Por Eduardo Guerra

Fazer o design de um jogo é algo diferente de outros tipos de design que ouvimos falar por aí, como o design gráfico, design de software, design de roupas e etc... Quando você faz um jogo, precisa se preocupar com as mecânicas de seu funcionamento, a temática, as imagens que serão utilizadas e até mesmo as peças que o jogo irá utilizar. Costumo dizer, que o fator principal de um jogo é a experiência do usuário: como ele interage com os componentes do jogo e com os outros jogadores e o que ele sente no momento que ele está jogando. Falando poeticamente, poderia dizer que o design de um jogo é projeto dos sentimentos dos jogadores ao interagir com ele.

A pouco mais de um ano atrás, criei meu primeiro jogo de tabuleiro e simplesmente me apaixonei por essa atividade! Desde então, já tenho 8 jogos completamente diferentes projetados. Não posso dizer que sou experiente nessa atividade, pois estou apenas começando e ainda não tenho nenhum jogo efetivamente publicado (apesar de alguns estarem já no caminho para que isso acontece em breve). Porém, mesmo assim, existem muitas experiências que desejo compartilhar, e gostaria muito de passar isso para os que estão começando. Para aqueles que já estão trabalhando no seu jogo, queria criar um ambiente de discussão ou a troca de ideias e experiências pudesse ser produtiva. Por fim, mesmo para os fãs de jogos de tabuleiro que não tem intenções de criar o seu jogo, acharia interessante ter uma forma de passar para eles como esse processo de design de um jogo acontece, para quando olharem para seus jogos, o fazerem com uma outra visão.

Por esse motivo, decidi elaborar e oferecer um Workshop de criação de jogos de tabuleiro! Nesse workshop irei falar sobre o que envolve a criação de um jogo e qual o processo que utilizo no desenvolvimento de meus jogos. Mas não se você for, não vai ser só para ver um barbudo de chapéu falar não, a ideia é que os participantes coloquem a mão na massa e já criem seu jogo lá na hora, com protótipo e tudo mais! Me considero mais um facilitador do que efetivamente um professor.

Durante o workshop, eu queria dar um exemplo da criação de um jogo, passo a passo, desde a sua concepção, desenvolvimento da temática, respostas e decisões obtidas através dos play testes e etc... E não é que esse exemplo que era para ser feito no escopo do workshop acabou ficando legal e vai ser um jogo mesmo? O “Crop Rotation” (nome do jogo) será publicado em breve como print-and-play aqui pela Teia de Jogos.

Aproveito para agradecer a luderia Kinoene Playful de São José dos Campos por ter acreditado na ideia do workshop e criado um evento em seu espaço para sua realização. Agradeço também os parceiros Studio Teia de Jogos, SuperGeeks e Supera por também acreditarem e apoiarem o evento. Se para você ficou inviável a participação, principalmente devido a localização, é possível futuramente promover novas versões do workshop em outros lugares! Comentem e nos deixe saber do interesse de vocês!

Tem uns meeples aqui esperando para poder fazer parte do seu protótipo! Espero vocês aqui no workshop!

As inscrições podem ser feitas CLICANDO AQUI!

Por Eduardo Guerra Fazer o design de um jogo é algo diferente de outros tipos de design que ouvimos falar por aí, como o design gráfico...

0 comentários: